“Diante de Deus tu és uma criança” – bela reflexão para o dia dos Santos Inocentes

 Past. Cr. Comun. s. José 16.12.06 002Diante de Deus, que é eterno, tu és uma criança, talvez sejas diante de ti um pequeno de dois anos. E além de ser criança, és filho de Deus. – Não esqueças disso” (São Josemaria Escrivá, Caminho, 860).

 Se nos damos conta, é coisa bem diversa que caia uma criança ou que caia um adulto. Para as crianças, a queda geralmente é sem consequências: vão à terra de vez em quando. E se depois vem as lágrimas, o pai diz: “Os homens não choram”. Assim se encerra o incidente, porque o pequeno se esforça para agradar o seu pai.

Se nos comportamos como eles, os tropeços e quedas, sempre inevitáveis, da vida interior não desembocarão na amargura. Reagiremos com arrependimento, mas sem desconforto, e com o sorriso que jorra, como água límpida, da alegria da nossa condição de filhos de Deus, do seu Amor de Pai, da sua grandeza, da sua sabedoria infinita, da sua  misericórdia.

Aprendi, nos meus anos de serviço ao Senhor, a ser filho pequeno de Deus. É isso que peço a vós: sejam quase como crianças, crianças que desejam a palavra de Deus, o pão de Deus, o alimento de Deus, a fortaleza de Deus, para comportar-vos de agora em diante como verdadeiros cristãos”. (Amigos de Deus, 146)

Tradução do italiano por Pe. Raul Kestring

Anúncios

Sobre ralk

Sou evangelizador, trabalho na Diocese de Blumenau nos setores de Comunicação e Ecumenismo.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s