Comunidade Nossa Senhora das Graças – Jardim 1 e 2, no Badenfurt, Blumenau

Ás 18h deste sábado, 10, estarei presidindo a missa da véspera da festa popular na Comunidade Jardim 1 e 2, no bairro Badenfurt, em Blumenau. Na verdade, presidi a primeira missa naquela região, ainda quando era pároco no Salto do Norte. Então, já é tempo de recordar e agradecer.

É tempo de recordar e agradecer não apenas indivicualmente, mas  com aquelas famílias. Pois uma comunidade não nasce e não se desenvolve só com o padre. Muita gente sempre assume esse trabalho junto com ele. E foi assim naquela comunidade.

Assim, tem-se muito a recordar e a agradecer. Abaixo, pode ser vista a construção atual, que serve de capela e local de promoções, inclusive das festas populares que a comunidade promove.

Registros históricos: O Loteamento Jardim I e II, no bairro Badenfurt, região Oeste de Blumenau, no final da década de 1990, apresentava-se bem habitado. Mais de 100 famílias católicas ali haviam se instalado. Elas participavam da comunidade católica São João Batista, distante aproximadamente 3 km. Sobretudo os 500 metros da movimentada BR 470, trajeto obrigatório para se chegar à igreja, ofereciam obstáculos e perigos consideráveis, principalmente para as crianças da catequese.

As lideranças daquele lugar começaram a sentir necessidade de uma capela junto ao seu povoado.

O ano de 1999 foi tempo de preparação para as missões populares na paróquia. Com esse incentivo, no dia 12 de dezembro, às 17h, Pe. Raul Kestring, então pároco da paróquia Santo Estevão (Salto do Norte), responsável pela região, presidiu a primeira missa daquelas imediações, na residência do Sr. Sérgio Adolfo Theis.

A partir daí, mensalmente, nas casas, a comunidade tinha Celebração Eucarística, normalmente aos Domingos, à tarde.

As missões realizaram-se nos anos 2000 e 2001. No primeiro ano, era feita a pré-missão e no segundo, a missão em si. Na Comunidade Jardim 1 e 2, o missionário Pe. Marcio fez a primeira visita, com missa, no dia 12 de agosto de 2000. De 15 a 22 de setembro de 2001, houve a missão de fato. Dois missionários, então hospedaram-se na comunidade, realizando intenso programa de evangelização para todas as criañças, jovens, adultos, casais, lideranças, enfermos.

Quando terminaram as missões populares, pregadas pelos padres redentoristas, um morador cedeu a parte de baixo da sua casa em construção para as celebrações da comunidade.

Nessa época, ali funcionavam três Grupos de Reflexão. Seus coordenadores eram: Sra. Carmen Ehlert, Sra. Terezinha Amélia Pagel e Sr. José Valdir Martins.

O encaminhamento mais próximo da construção da futura capela, deu-se com o incentivo e a aprovação do segundo pároco, Pe. Everaldo Alves. Uma assembléia da comunidade, então, elegeu a primeira comissão encarregada, assim formada: Antonio da Costa, José Valdir Vargas, Marcos Luis Sgrot, Ademir Guandalim, Iracy Rodrigues da Silva, Otilia Bugmann e João Ehlert. Esse importante passo está registrado em ata, assinada pelos membros e subscrita pelo pároco.

Não demorou muito tempo para ser encontrado um terreno de consenso e definitivo para a futura sede, no lado do Loteamento Jardim II. Um galpão de eucalipto, medindo espaçosos 260 m2 foi construído par acolher a comunidade, em suas atividades diversas.  A padroeira Nossa Senhora das Graças foi escolhida em votação pelos moradores dos dois loteamentos. Os Srs. Márcio Sgrot e Valério Fossa doaram a imagem da santa. No dia 31 de agosto de 2003, em inesquecível celebração presidia pelo pároco, Pe. Ademar Gadotti, pela primeira vez, trinta e quatro catequizandos aí receberam a Primeira Eucaristia.  No dia 21 de dezembro de 2003, houve singular festa: foram celebrados 12 matrimônios, 21 batizados e 8 Primeiras Comunhões de adultos no galpão recém-construído.

As conquistas desse início animam para prosseguir no crescimento espiritual, administrativo, pastoral e comunitário daqueles filhos e filhas de Deus. Assim, vai acontecendo o constante e progressivo processo de evangelização nos dois loteamentos, em comunhão com a Igreja de Jesus.

Anúncios

Sobre ralk

Sou evangelizador, trabalho na Diocese de Blumenau nos setores de Comunicação e Ecumenismo.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s