«O Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça» – Santo Afonso Maria de Ligório

Deus é a Sua própria riqueza, porque é o bem infinito. […] Este Deus tão rico fez-Se pobre ao tornar-Se homem, a fim de nos enriquecer a nós, miseráveis pecadores. É o ensinamento muito claro do apóstolo Paulo: «De tão rico que era, Jesus tornou-Se pobre para vos tornar ricos pela Sua pobreza» (2Co 8,9). Como?! Um Deus […] chegar ao ponto de Se tornar pobre? Com que intenção? Tentemos compreendê-la.

Os bens terrenos não passam de terra e lama; mas esta lama cega de tal modo os homens, que eles deixam de discernir os verdadeiros bens. Antes da vinda de Jesus Cristo, o mundo estava repleto de trevas, porque cheio de pecados: «Toda a carne havia pervertido a sua conduta» (Gn 6,12). Ou seja: os homens tinham obscurecido em si a lei natural gravada no seu espírito por Deus; viviam como animais, preocupados apenas em obter prazeres e bens terrenos, e totalmente indiferentes aos bens eternos. Foi por um efeito da misericórdia divina que o Filho de Deus veio dissipar essas profundas trevas: «Sobre aqueles que habitavam a região da sombra da morte, uma luz resplandeceu» (Is 9,1). […]

Mas este divino mestre quis instruir-nos não apenas pela palavra mas também, e sobretudo, pelos exemplos da Sua vida. «A pobreza», afirma São Bernardo, «estava ausente do céu; encontrava-se apenas na Terra. Infelizmente o homem não conhecia o seu preço e, à partida, não a procurava. Para torná-la preciosa aos nossos olhos e digna de todos os nossos desejos, que fez o Filho de Deus? Desceu do céu à Terra e escolheu-a como companheira de toda a Sua vida.»

Santo Afonso Maria de Ligório (1696-1787), bispo e doutor da Igreja
8º Discurso para a novena de Natal

Anúncios

Sobre ralk

Sou evangelizador, trabalho na Diocese de Blumenau nos setores de Comunicação e Ecumenismo.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s