Arquivo do mês: junho 2011

«Levanta-te e anda» – Santo Agostinho (354-430)

«E se o Espírito d’Aquele que ressuscitou Jesus de entre os mortos habita em vós, Ele, que ressuscitou Cristo de entre os mortos, também dará vida aos vossos corpos mortais» (Rm 8,11). Agora é um corpo humano natural; depois será … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Sou o menor dos apóstolos, nem sou digno de ser chamado Apóstolo» – São Bernardo

É com razão, irmãos, que a Igreja aplica aos santos apóstolos Pedro e Paulo estas palavras do Sábio: «Aqueles foram homens de misericórdia, cujas obras de piedade não foram esquecidas. Na sua descendência permanecem os seus bens, e a sua … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Quem é Este, a quem até o vento e o mar obedecem?» – Carta a Diogneto (200?)

Aos cristãos, o que lhes foi transmitido não tem origem terrestre (Gl 1,12) e o que eles fazem questão de conservar com tanto cuidado não é invenção dum mortal […] mas foi o próprio Deus invisível, verdadeiro Senhor e Criador … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«O Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça» – Santo Afonso Maria de Ligório

Deus é a Sua própria riqueza, porque é o bem infinito. […] Este Deus tão rico fez-Se pobre ao tornar-Se homem, a fim de nos enriquecer a nós, miseráveis pecadores. É o ensinamento muito claro do apóstolo Paulo: «De tão … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Quem vos recebe, a Mim recebe» – São João Crisóstomo (c. 345-407)

«Quem acolher este menino em Meu nome, é a Mim que acolhe», diz o Senhor (Lc 9,48). Quanto mais pequeno for esse irmão que se acolhe, mais Cristo estará presente. Porque, quando recebemos uma pessoa importante, é muitas vezes por … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Ele tomou as nossas enfermidades e carregou as nossas dores» – Concilio Vaticano II

Para vós todos, irmãos que suportais provações, visitados pelo sofrimento sob infinitas formas, o Concílio tem uma mensagem muito especial. O Concílio sente, fixados sobre ele, os vossos olhos implorantes, brilhantes de febre ou abatidos pela fadiga, olhares interrogadores, que … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Ele é que deve crescer, e eu diminuir» (Jo 3,30) – Santo Agostinho

O maior dos homens foi enviado para dar testemunho d’Aquele que era mais que um homem. Com efeito quando aquele que «é o maior de entre os nascidos de mulher» (cf Mt 11,11) diz: «Eu não sou o Messias» (Jo … Continuar lendo

| Deixe um comentário