Arquivo do mês: maio 2011

«Dou-vos a Minha paz» – Beato João XXIII (1881-1963), Papa

Oh Príncipe da paz, Jesus ressuscitado, olha com benevolência para toda a humanidade. É apenas de Ti que ela espera auxílio e socorro. Tal como nos tempos da Tua vida terrena, continuas a preferir os pequenos, os humildes, os que … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Nós viremos a ele e nele faremos morada» – São Gregório Magno, papa e doutor da Igreja

«O meu Pai o amará, e Nós viremos a ele e nele faremos morada». Imaginai, irmãos muito amados, que festa seria receber a Deus na morada do nosso coração! Se um amigo rico e poderoso quisesse entrar em nossa casa, … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Quem crê em Mim também fará as obras que Eu realizo; e fará obras maiores do que estas» – S. Vicente de Paulo

Nosso Senhor disse: «Bem-aventurados os pobres em espírito» (Mt 5,3); deste modo, a Sabedoria eterna mostra quanto os trabalhadores do evangelho devem evitar a magnificência das ações e das palavras e assumir uma maneira de agir e de falar humilde, … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida» – São Boaventura, franciscano, doutor da Igreja

Aquele que volta propositada e completamente os olhos para Cristo ao vê-Lo pregado na cruz, com fé, esperança e caridade, devoção, admiração, regozijo, reconhecimento, elogio e júbilo, esse celebra a Páscoa com Ele, ou seja, põe-se a caminho para atravessar … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Quem receber aquele que Eu enviar é a Mim que recebe» – Santo Pio di Pietralcina

Depois do amor a Nosso Senhor, recomendo-te o amor à Igreja, Sua Esposa. Ela é de algum modo a pomba que incuba e faz nascer os pequeninos do Esposo. Dá sempre graças a Deus por seres filha da Igreja, a … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Quem Me vê a Mim, vê Aquele que Me enviou» – Santo Agostinho

Alguém que tinha chamado «bom mestre» a Jesus, pedindo-Lhe conselho para alcançar a vida eterna, recebeu esta resposta: «Porque Me chamas bom? Ninguém é bom senão um só: Deus» (Mc 10,17-18). […] Sim, se Me vires na Minha condição divina, … Continuar lendo

| Deixe um comentário

«Até quando nos deixarás na incerteza?» – Santo Agostinho

Sendo igual ao Pai, o Filho de Deus não recebeu o poder de julgar, mas tem-no em comum com o Pai. Recebeu-o de modo a que os bons e os maus O vejam julgar, porque Ele é o Filho do … Continuar lendo

| Deixe um comentário