«Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo» – São Beda, monge e Doutor da Igreja

Getsêmani, o Jardim das Oliveiras, local para onde Jesus se dirigiu para rezar, pouco antes de presos pelso soldados de Pilatos.

Em direção ao Cordeiro de Deus sobe o Hosana do povo: todos os que O empurram entre a multidão, O elogiam numa só e mesma confissão de fé: «Hosana ao Filho de Davi!» (Mt 21,9) Neste elogio ressoa já o coração dos santos que canta: «A salvação é dada pelo nosso Deus, que está sentado no trono, e pelo Cordeiro!» (Ap 7,10) Ele eleva-Se para o local de onde nos dará o Seu último ensinamento. É aí que vai consumar o sacramento da Páscoa judia, observada fielmente até então. Ele próprio vai dar a Páscoa nova aos Seus quando, saindo para o Monte das Oliveiras, for posto à prova pelos Seus inimigos e pregado na cruz no dia seguinte. Tal como o Cordeiro Pascal, ei-Lo que aborda hoje o lugar da Sua Paixão e cumpre a profecia de Isaías: «Como cordeiro levado ao matadouro, como ovelha emudecida nas mãos do tosquiador» (53,7).

Cinco dias antes da sua Paixão, quer chegar à Sua cidade; prova assim que é efetivamente o cordeiro imaculado que vem tirar o pecado do mundo (Jo 1,29); Ele é o cordeiro pascal que, imolado, liberta o novo Israel da sua escravidão do Egito (Ex 12); é realmente cinco dias antes da Sua paixão que os Seus inimigos decidem a Sua morte de forma irredutível. Hoje, Ele demonstra-nos assim que vai resgatar-nos a todos pelo Seu sangue (Ap 5,9); a partir de hoje, na alegria jubilante de um povo que O rodeia e O aclama, entra no Templo de Deus (Mt 21,12). O «mediador entre Deus e os homens, o Homem Jesus Cristo» (1Tm 2,5), vai sofrer pela salvação do gênero humano: foi para isso que desceu do céu à terra, e hoje quer aproximar-se do lugar da Sua Paixão. Será assim evidente para todos que vai suportar a Paixão de Sua livre vontade, e não à força.

São Beda o Venerável (c. 673-735), monge, Doutor da Igreja
Sermão n° 23 (a partir da trad. Tournay rev.)

Anúncios

Sobre ralk

Sou evangelizador, trabalho na Diocese de Blumenau nos setores de Comunicação e Ecumenismo.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s