Deus voltou – “a grande surpresa”

Deus voltou”
O Cardeal Ângelo Scola fala de “grande surpresa”
Antonio Gaspari
Num editorial publicado na primeira página, nesta quarta-feira, pelo “Meeting Quotidiano”, o Cardeal Ângelo Scola, Patriarca de Veneza, afirmou ter descoberto que Deus voltou na sociedade pós-moderna.
“Até há quinze anos atrás se falava da eclipse de Deus, chegando-se a afirmar que a esfera religiosa teria desaparecido totalmente da sociedade”, mas hoje – escreve o Patriarca, acentuam-se certas tentativas de elaborar um novo ateísmo, avaliado pelos críticos como mais extravagantes do que objetivamente cabíveis, estamos diante de uma grande surpresa: Deus voltou”.
Segundo o purpurado, hoje a pergunta crucial não é mais “Existe Deus?”, mas sobretudo “Como ter notícia de Deus?”, e principalmente “Como dar nome a este Deus para que o homem pós-moderno o descubra significativo e portanto conveniente”.

Citando Eberhard Jungel, professor de Teologia Sistemática e Filosofia das Religiões na Universidade de Tübingen, o Cardeal explicou que para falar de Deus ao homem pós-moderno “se deve arriscar a hipótese que é Deus mesmo que vem ao mundo para habitar no homem e tornar-se-lhe familiar.”

“Para o homem de hoje – explicou o Patriarca -, a questão não é tanto se existe Deus, mas se existe algo que tem a ver comigo no dia-a-dia?”

O purpurado sustentou que “está no DNA da mentalidade ocidental a convicção de que Deus se fez conhecer e se tornou familiar porque se comprometeu com a história dos homens”.

O Cardeal Scola acrescentou que “é através de uma pessoa viva, Jesus Cristo, que Deus vem ao nosso encontro”.

E para compreender “a língua da criatura que o Verbo Encarnado quis assumir” o Patriarca propôs “compreender a gramática que é capaz de narrar-nos o divino”.

“Só assim – concluiu – o cristão estará em condição de confessá-lo como seu Senhor e Deus”, e todo homem, também aquele que se diz descrente, “poderá reconhecê-lo”.

(Traduzido do italiano por Pe. Raul Kestring)

 ZENIT, 25/08/2010

Anúncios

Sobre ralk

Sou evangelizador, trabalho na Diocese de Blumenau nos setores de Comunicação e Ecumenismo.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s